quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Bboy NEGUIN

Hoje em dia, é muito difícil algum capoeirista que não vasculhe vídeos de Bboy para pegar alguns movimentos e vice-e-versa. Eu, não fujo a regra, e procuro mesmo. A um tempo atrás me liguei que um dos Bboys em uma grande competição, usava uma camiseta com um berimbau. Pensei: geralmente quem não é capoeirista não se liga em usar camiseta com essa estampa (ainda!):



Então fui pesquisar sobre! O apelido do Bboy é NEGUIN, faz parte de um grupo famoso chamado Tsunami All Stars e ele é sim capoeirista. Essa semana olhando mais vídeos por essa internet, enfim encontrei um vídeo do NEGUIN executando movimentos de nossa arte e até em uma roda de capoeira. Resolvi então, compartilhar com vocês


Procurando mais para falar sobre ele, encontrei apenas uma página no Facebook, e está em inglês :/. Então resolvi abusar do Google Tradutor e repassar pra vocês:

"Neguin" é o apelido de Fabiano Carvalho Lopes 24 anos de Cascavel-PR-Brasil, começou a dançar com 1 ano de idade, sendo nas ruas, assistindo a filmes de artes marciais, transformando todo o seu conhecimento da Capoeira misturando seu estilo Bboy, todos influenciados seus estilos de dança para variam de antigas formas de dança para acrobacias.
presenciou pela primeira vez a cultura Hip Hop em 1999. Ele inicialmente começou a dançar danças de freestyle, mas foi mais recentemente, em 2003, que ele se tornou um Bboy. Desde então, sua carreira como uma dançarino conhecido internacionalmente foi lançada! Sua abordagem de B-Boying é ao mesmo tempo de celebração, psicológica e agressivo. Um dançarino muito confiante. S
eu estilo B-Boy  envolve saltos que desafiam a morte, o movimento de velocidade blitz, a imprevisibilidade, a execução limpa do seu arsenal e as variações em cada movimento terra e poder, infundido com sabor e de alta energia, mantendo um ritmo constante. Enquanto Neguin assume riscos físicos, ele tira seus movimentos de forma segura e eficaz. Ele respeita seus dançarinos companheiros e ações de energia positiva através de sua presença e de artesanato. Neguinho pretende ter sua audiência experiência alegria, curiosidade e surpresa quando vê-lo na batalha. Ele não só representa a si mesmo, ele também dança para sua equipe e do país. Isto é o mais importante para ele... [Leia Mais]

Embora a tradução não seja boa, deu pra ver que ele não se esqueceu da capoeira e citou, mesmo em inglês, sobre nossa arte em sua página.




Outro vídeo que até achei maneiro, foi um mini documentário unido a uma "batalha" de Bboys e a capoeira, na cidade de Salvador-BA. Vale a pena conferir:

Espero que tenham gostado, Axé!!!


segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Capoeira é um dos 10 esportes preferidos no Brasil

Procurando no Twitter quem usou a palavra "Capoeira" recentemente, encontrei um tweet da NetShoes, loja online (talvez a maior) de venda online de produtos esportivos:


Tive que dar uma conferida, e achei um post bacana, sobre o TOP 10 dos esporte no Brasil. O post estava em um blog, chamado Testosterona Sports, mas é um texto original do site Esporte.esp.br. Confira:



"Que o Brasil é o país do futebol, ninguém duvida. Mas o que pouca gente sabe é que em solo canarinho se praticam muito mais esportes do que os convencionais futebol, vôlei e basquete. Existem diversas modalidades que vêm tomando o coração dos brasileiros – dentre elas o Rugby, que ainda não entra na lista, mas para que isso aconteça é só uma questão de alguns anos. As piscinas também estão entre as preferências dos brasileiros quando o assunto é praticar esportes, e as artes marciais não ficam atrás. Confira agora quais são os dez esportes mais praticados – e consequentemente, mais populares – do Brasil."



1 – Futebol: torcer é sempre bom, mas nem só de arquibancada vive o esporte no país. A primeira paixão do brasileiro também é preferência nos clubes e escolinhas, e garante pouco mais de trinta milhões de pessoas praticando ativamente o esporte no Brasil. Difícil, mesmo, é conseguir se profissionalizar. Mas nenhuma dessas trinta milhões de pessoas dispensa uma pelada de fim de semana…
2 – Vôlei: o esporte ganhou duas medalhas na última edição dos jogos olímpicos, sendo ouro o vôlei feminino e prata o vôlei masculino. A ascensão do esporte nos pódios mundiais e olímpicos pelos anos afora acabou conquistando o público, que hoje faz do vôlei o segundo esporte mais praticado no país, com a metade dos praticantes de futebol: 15,4 milhões de pessoas se dedicam a dar manchetes e saques em quadras do Brasil inteiro.
3 – Tênis de Mesa: acredite se quiser, o tênis de mesa é o terceiro esporte mais praticado no país. O esporte conta com doze milhões de mesatenistas em solo brasileiro e faz suar tanto quanto qualquer outro esporte. Além disso, desenvolve habilidades como lógica, estratégia e rapidez. Por isso é tão popular.
4 – Natação: com onze milhões de praticantes no Brasil, o esporte vem se tornando uma potência nacional, e é difícil não ver um brasileiro em pódios de competições mundiais. A natação é, também, um dos esportes que mais melhoram o condicionamento físico de seus praticantes.
5 – Futsal: a paixão pela bola é tanta que essa outra modalidade do jogo mais popular do Brasil fica em quinto lugar na lista de mais praticados. O futebol de quadra tem 10,7 milhões de atletas no Brasil. Visto que os times são compostos de seis pessoas, haja campeonato para juntar esse tantão de gente…
6 – Capoeira: a luta mais popular do Brasil, de origem africana, é a capoeira, que se divide em jogo, dança, luta e arte. É bonito de olhar e super gostoso de praticar. Prova disso é que o esporte tem nada menos do que seis milhões de adeptos em todo o país.
7 – Skate: se o basquete é o esporte mais popular dos Estados Unidos, no Brasil ele nem entra na lista de mais praticados. Ao invés dele temos esportes como o skate, algo bem alternativo, que é a paixão de quase três milhões de pessoas em território nacional. E, claro, é outro esporte tipicamente americano.
8 – Surfe: com um litoral do tamanho do nosso, era de se esperar que um esporte náutico estivesse na lista dos mais populares. O surfe tem 2,4 milhões de adeptos e praticantes no Brasil, e a comunidade só cresce ao longo dos anos. A receita? Ser um esporte de intenso contato com a natureza, além de dar uma aura de meditação ao atleta…
9 – Judô: dentre as artes marciais mais populares do Brasil (país que criou o jiu-jitsu, por exemplo), está o judô. Esporte olímpico, contabiliza um número de 2,2 milhões de judocas espalhados país afora. Por ser, também, uma das artes marciais mais intensas, exige muita concentração, preparo e treino.
10 – Atletismo: correr faz sempre muito bem para o corpo e a mente, e ainda dá para se profissionalizar no esporte, que tem hoje 2,1 milhões de praticantes no Brasil. Isso contando apenas os profissionais e semi-profissionais, e não aqueles que correm por prazer ou apenas para manter a forma. É, também, um dos esportes que mais cresce em número de adeptos no país, por ano.

Será que esse número está certo?! Como um esporte genuinamente brasileiro, podemos melhorar a posição nesse ranking, não é?!

sexta-feira, 23 de novembro de 2012

Eventos Final de Semana



DIA 23 RODA DE ABERTURA
LOCAL: SEDE em frente ao Parque Nabuco da Av. Cupece as 20hr00. ABADA BRANCO

DIA 24 BATIZADO E ENCONTRO
Local: Colégio Dominus Vivendi
Avenida Mascote, 913 - Vila Mascote São Paulo, 04363-001
Prox ao viaduto da Washingtom Luis ou MC DONALD´S
DA AV. VEREADOR JOÃO DE LUCAS as 14hr. ABADÁ BRANCO


















quarta-feira, 21 de novembro de 2012

Mais Capoeira na Rede GLobo

Ontem (20/11) saiu no Jornal Extra Impresso, uma pequena nota sobre Rodrigo Simas e a capoeira, com o título: "O Show de Rodrigo Simas", no encarte "Sessão Extra". Dessa vez, o filho de Mestre Boneco (Capoeira Brasil), mostrará nossa arte, na novelinha teen, Malhação. Confira a versão online da reportagem do Jornal Extra:


'Malhação': Rodrigo Simas dispensa dublê em cena de capoeira


Rodrigo Simas não precisou de dublê para fazer as cenas em que Bruno, seu personagem em "Malhação", joga capoeira. Em excelente forma, Rodrigo deu um show de golpes na gravação, que aconteceu durante o feriadão na Barra. Para quem não sabe, ele é filho de Beto Simas, mestre de capoeira.



Eu pessoalmente, não curto a Rede Globo. Mas valorizo o espaço que ela tem dado a nossa arte, na Novela Lado a Lado e agora, em Malhação.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...